Como a Igreja pode Crescer com Tecnologia

Como a Igreja Pode Crescer com Tecnologia

Entender como a igreja pode crescer com tecnologia é um benefício que todo gestor tem que entender como um processo necessário para o seu ministério.

No nosso dia a dia, cada vez mais estamos acostumados com o uso da tecnologia. Assim sendo, ela permite um trabalho mais eficaz, bem como uma melhor utilização dos recursos. E isso leva a uma melhor produtividade e redução de custos.

Enquanto diminuímos os custos, com melhor aproveitamento dos recursos, também minimizamos os erros. Isso ocorre com a utilização de softwares e aplicativos que gerenciam melhor as nossas tarefas.

Temos que levar em consideração que a sociedade está cada dia mais dependente dos avanços tecnológicos. E isso, de forma indireta, exige que as empresas também acompanhem essa inovação.

No mundo corporativo, uma empresa não consegue se manter ativa no mercado sem utilizar a tecnologia e a inovação que os seus clientes esperam. Assim sendo, as empresas precisam oferecer produtos e serviços diferenciados se quiserem se manter competitivas.

Teste Grátis!

Gestão Online para Igrejas Evangélicas
Aplicativo completo, fácil e prático para o controle total da secretaria e do financeiro através do computador ou celular.

Numa rápida análise, podemos concluir que a tecnologia trouxe benefícios para empresas, instituições e pessoas em todos os sentidos. Desta forma, o principal benefício que podemos listar é a otimização e a automatização dos processos.

As Igrejas e a TecnologiaComo a Igreja Pode Crescer com Tecnologia

E isso não poderia e nem deveria ser diferente com as igrejas, visto que elas têm uma função social muito importante. Porque a igreja presta relevantes serviços a comunidade. Desta forma, quanto mais certeiras forem as suas ações, quanto melhor utilizar os seus recursos, mais ela se torna relevante.

No artigo Metas para a Igreja Crescer enfatizamos que a igreja é um organismo vivo enquanto interage com a membresia disseminando a boa nova. De outra forma, é também uma organização sujeita as regras da sociedade e dos governos.

Em resumo a igreja tem uma missão espiritual a cumprir; um legado que vem desde a sua criação, lá no início da igreja primitiva, entretanto, tem também um papel institucional. Em vista disso, a igreja precisa prosperar para atingir os seus objetivos.

Se a tecnologia ajuda empresas a reduzir custos e aumentar a produtividade, também pode ajudar as igrejas a prosperar. Desta maneira, levando em consideração que as igrejas não visam lucro, temos que entender que elas precisam crescer para cumprir o papel institucional.

A igreja pode adotar a tecnologia para realizar diversas tarefas, ganhando em eficiência e gerando mais compromisso. E assim, exemplificando a forma como a igreja pode crescer com tecnologia, podemos destacar:

Otimização de Tempo

Um ambiente de trabalho organizado é um dos pilares essenciais para manter a sua equipe em sintonia e atenta as suas tarefas. Assim sendo, é algo bem comum as pessoas estarem muito envolvidas com muitas tarefas no dia a dia.

Também é algo recorrente que pessoas, mesmo sendo voluntárias, acabem acumulando diversas funções ou recebendo uma alta demanda de tarefas. Desta forma,  essas pessoas acabam passando por uma situação de frustação.

Nesse quesito, a tecnologia, se bem utilizada, é imbatível no ganho de eficiência e economia de tempo; tarefas manuais podem ser automatizadas. Em vista disso, há um ganho de eficiência e menor ocorrência de erros.

Expandir o Alcance

A internet criou novas possibilidades de comunicação, com ela as barreiras geográficas foram extintas. Desta forma, é possível atingir pessoas muito além do nosso bairro ou da nossa cidade, podemos conversar com pessoas por chamadas de vídeo ou trocar de mensagens instantâneas.

Ferramentas tecnológicas como as redes sociais e mensageiros instantâneos aumentam o alcance da sua igreja e expande as possibilidades de evangelização. Desta forma, é possível encontrar pessoas em potencial e criar o engajamento necessário com a sua igreja.

Ter Mais Controle das Atividades da Igreja

Assim como as empresas contam com software para controle de estoque e gestão da produção; da mesma forma, igrejas também podem contar com software específicos de gerenciamento de igrejas.

Sistemas voltados para as igrejas centralizam as informações da instituição, integram departamentos e ações de evangelização. Desta forma, permitem a análise de dados e ajudam fazer projeções e subsidiam a tomada de decisões importantes para a igreja.

Acompanhar o Desempenho dos Departamentos

Internamente a igreja tem diversas funções a desempenhar, neste artigo A Igreja em Departamentos enfatizamos que a igreja tem muitas tarefas. Assim sendo, as pessoas é que são responsáveis por cumprir as determinações do líder de cada departamento.

A igreja precisa batizar, fazer funcionar a EBD, a secretaria, a tesouraria, o ministério pastoral, a evangelização e tudo isso pode ser mensurado. Sendo assim, podemos fazer uso da tecnologia para transformar as atividades desses departamentos em números ou percentuais para serem analisados.

Aumentar a Produtividade

Para a igreja, produzir é ganhar almas, aliás, esse é o grande mandamento deixado pelo próprio Cristo. Conforme o texto que encontramos no Evangelho de Marcos “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda a criatura” (MC 16:15).

Com o uso de tecnologia e de sistemas de gestão apropriados para igrejas podemos controlar os batismos, os visitantes e congregados. Assim integrando equipes e reunindo esforços podemos fazer a igreja prosperar, alcançando mais pessoas, batizando mais e assim expandindo os próprios limites.

Melhorar a Comunicação

Não é possível alcançar pessoas sem se comunicar, a boa comunicação é o marketing da igreja, a igreja não vende nenhum produto, a igreja semeia a palavra. E como o próprio Cristo disse na parábola do semeador, a semente vai cair em terra boa, mas também em terra ruim.

Com a internet novas possibilidades de comunicação surgiram, a igreja pode ter um site onde divulga os seus eventos e a sua mensagem. Da mesma forma, na pandemia, temos visto muitas igrejas transmitindo os cultos on-line, tudo isso é comunicação.

Finalizando

E desta forma, analisando como a igreja pode crescer com tecnologia, podemos analisar a forma como as empresas conseguiram obter êxito neste mesmo quesito. Assim sendo, comparações são inevitáveis.

Foram as empresas que começaram a investir em tecnologia com vistas ao aumento da sua produtividade, melhora dos processos e automatização das rotinas. De outro modo, as igrejas demoraram a perceber que poderiam se beneficiar da tecnologia.

Se faz necessário entender que a tecnologia não desvirtua os ensinamentos da igreja e pode ser uma excelente ferramenta de evangelização. Deste modo, temos que perceber que ela é mais uma maneira, mais uma ferramenta para ser utilizada em favor da nossa fé.

O bom uso da tecnologia deve ser visto como uma forma de planejamento estratégico. Sempre com vistas ao crescimento da igreja. E sendo assim, a tecnologia nos propicia o uso de ferramentas modernas.

Ferramentas modernas fornecem mais chance para instituição cumprir com melhor performance suas atribuições. E o seu uso correto e com parcimônia pode ser a resposta de como a igreja crescer com tecnologia.

Além do que, com o uso adequado dos recursos tecnológicos, a igreja pode ter maior contato e interação com seus membros e pessoas da comunidade. E desta forma, cumprir o seu papel com excelência e efetividade.

Artigos Relacionados

Deixe um Comentário