Documentação dos Membros da Igreja

A igreja é uma instituição como qualquer outra e em vista da sua natureza jurídica, precisa cuidar adequadamente da documentação dos membros da igreja.

O papel do terceiro setor no Brasil tem se mostrado de relevância ímpar, principalmente nos últimos anos. E isso tem ocorrido em vista da desaceleração da economia e da desigualdade que ela gera em conjunto com outros fatores.

O terceiro setor consiste num conjunto de instituições, associações, fundações, todas sem finalidade de lucro, incluindo igrejas. Desta forma, elas tem como foco principal atuar em prol do bem estar social e da promoção da cidadania.

As instituições do terceiro setor passaram a ter mais visibilidade, o mundo tem se transformado a favor das causas sociais. Em vista disso, o voluntariado tem uma visibilidade expressiva. Assim, as pessoas estão mais engajadas em causas sociais e humanitárias.

Principalmente no Brasil, existe uma desconfiança de que o estado tenha capacidade de gerar bem estar social; e isso, entre outros fatores, propicia o desenvolvimento do terceiro setor.

Teste Grátis!

Gestão Online para Igrejas Evangélicas
Aplicativo completo, fácil e prático para o controle total da secretaria e do financeiro através do computador ou celular.

É importante dizer que a igreja tem um papel relevante na sociedade, que transcende os seus muros, ela forma cidadãos para o mundo. Desta forma, ao executar a sua missão espiritual, evangelizando seus membros, ensinando princípios cristãos, ajuda o mundo a ser mais justo.

O intuito deste artigo é falar sobre os diversos documentos que a igreja deve produzir para seus membros nas mais diversas circunstâncias. Antes porem, vamos nos ater aos documentos que a igreja deve possuir para que tenha personalidade jurídica.

Constituição da igreja

A igreja é uma organização religiosa, conforme disposição do artigo 44 do Código Civil Brasileiro. Deste modo, para se constituir uma igreja legalmente é necessário que ela aprove seu Estatuto em Assembleia Geral e faça o registro no Cartório.

Quando a igreja ainda não existe é necessário constituir uma comissão para dirigir os trabalhos, eleger e dar posse a uma diretoria provisória e aprovar o estatuto. Ato contínuo, ela vai levar esses documentos a registro em cartório.

Após a aprovação do estatuto e o registro da ata de posse da diretoria, o próximo passo é registrar a instituição junto a Receita Federal do Brasil. Com isso ela vai obter o CNPJ; assim a igreja passa a existir e já pode atuar, dentro da legalidade.

A igreja também precisa de um Alvará de Localização e Funcionamento que é emitido pelo município. Para isso, geralmente é necessário uma vistoria do Corpo de Bombeiros ao prédio, é uma segurança para a diretoria de que o prédio está em condições de abrigar as pessoas.

A igreja é composta por pessoas

A igreja pode ter a sua personalidade jurídica, seus estatutos e sua diretoria, pode já existir no contexto jurídico, mas quem dá alma e vontade a igreja são as pessoas.

Neste artigo Metas para a Igreja Crescer salientamos que a igreja é um organismo vivo enquanto interage com a sua membresia.

As pessoas têm pontos de vista diferentes, tem opiniões divergentes sobre esse ou aquele assunto. Desta forma, a gestão da igreja está atrelada a forma de administrar dos seus gestores, tudo tem um toque pessoal daquele que tem o poder de decisão.

Resumidamente, a igreja não é o prédio que ocupa, nem a placa que ostenta o seu nome, ela é um retrato das preferências da sua membresia. Assim sendo, a igreja é o conjunto das pessoas que ela arrebanhou para conduzir à salvação.

A igreja é um organismo enquanto se relaciona com a sua membresia; é uma organização enquanto precisa cumprir as determinações do mundo secular. Outrossim, sendo uma organização precisa estabelecer processos burocráticos e organizar os seus quadros.

Então, controlar e emitir a documentação dos membros da igreja é uma tarefa cotidiana que facilita a gestão da sua membresia.

Para se organizar e crescer com consistência a igreja precisa criar e controlar alguns documentos em relação aos seus membros. Esses documentos podem ser de identificação, mas pode ser também sinalizar uma mudança de situação ou cargo, a saber:

Ficha Cadastral de Membro

Não podemos afirmar qual modelo é o melhor, qual é o certo ou errado, cada igreja deve possuir uma ficha com base nos dados que achar necessário para seu ministério. Assim a igreja pode construir a sua ficha com base nos dados que achar essenciais para sua gestão.Documentação dos Membros da Igreja

Igrejas que não possuem sistema de gestão costumam fazer os cadastros em fichas ou mesmo em folhas de caderno. Essas não são, nem de longe, a maneira mais eficiente, tão pouco a menos trabalhosa de se cadastrar a membresia.

O ideal é a igreja ter um sistema de gestão de igrejas que possua um cadastro de membros. Dados em formato eletrônico são muito mais fáceis de manipular e possibilitam criar métricas para auxiliar na gestão.

Certificado de Batismo

Batizar é uma das grandes missões da igreja, quanto mais batizamos, mais a igreja cresce. Entretanto, não é correto sair batizando a todos, sem critérios, apenas com o intuito de fazer a igreja crescer. Neste sentido é preciso uma preparação para o batismo. Desta forma, o candidato ao batismo precisa aceitar a Jesus e seguir firme no seu propósito de ser um novo cristão.

No caso das igrejas evangélicas, o certificado de batismo é o documento que a igreja emite para atestar que o seu portador foi batizado e está apto a pertencer aos quadros da igreja.

Certificado de Apresentação de Crianças

No âmbito das igrejas evangélicas os seus membros só podem ser batizados quando puderem ter consciência entre o que é certo e o que é errado. Por isso, as crianças recém nascidas quando são levadas a igreja pelos pais devem receber esse certificado.

Credencial ou Carteirinha de Membros

A igreja para os cristãos é a Casa de Deus, é onde nos encontramos com Ele e abrimos o nosso espírito para o arrependimento em busca da salvação. Desta forma, fazer parte de um ministério deve ser motivo de orgulho para as pessoas.

Assim os membros sentem prazer em valorizar o nome da igreja e o círculo de amizades criado dentro deste ambiente.

Os alunos de uma boa escola ou sócios de um clube conceituado portam crachás de identificação. Da mesma forma, na igreja os membros mais assíduos valorizam a possibilidade de portar um crachá de membro personalizado.

Carta de recomendação, de mudança ou de novo convertido

As pessoas que frequentam a igreja estão sujeitas a mudarem de endereço, se casarem, mudarem de nome e até mesmo de igreja. Em vista disso, é necessário que a igreja tenha uma estrutura que possa fornecer um documento que valide essa situação.

Muitas vezes a igreja precisa atestar a condição do membro, assim cartas de recomendação, de mudança ou mesmo de novo convertido são documentos úteis na igreja. Em vista disso, é importante cuidar da documentação dos membros da igreja.

Essas são apenas algumas das situações nas quais a igreja deve emitir algum documento para o membro. Entretanto, podem ocorrer situações mais específicas, assim é importante que ela tenha condições de emitir a documentação dos membros da igreja

Em vista dessas e outras circunstâncias é tão importante a igreja possuir um sistema de gestão de igrejas dinâmico e preparado para estas funcionalidades.

O SigiWeb é uma aplicação totalmente voltada para a gestão de igrejas e entre as suas diversas funcionalidades está a emissão e o controle da documentação de membros.

Artigos Relacionados

Deixe um Comentário